George Michael recebe alta após sofrer acidente de carro

Padrão
Reprodução

Reprodução

Marcelo de Assis

O cantor George Michael recebeu alta do grave acidente de carro que ele sofreu recentemente. Segundo seus acessores “ele continuará descansando e se recuperando” e que o artista “agradece a todos por todas as mensagens de apoio”, reporta o Hollywood Reporter.

No acidente, George Michael sofreu uma queda do veículo enquanto o mesmo corria à 110 km/h. Apesar dos últimos relatos de que o cantor teria sido internado para tratar apenas cortes superficiais e escoriações, pelo tempo em que ficou no hospital, sugere que tenha sido algo bem mais grave.

Uma mulher chamada Katherine Fox, que é uma das que presenciaram a cena do acidente, informou ao jornal The Sun tinha “um corte feio na testa e na nunca e que havia muito sangue em seu rosto e nos dentes”. A fonte ainda disse que, mesmo assim, “ele estava respirando e consciente, mas em estado de choque”.

Não é a primeira vez em que George Michael se envolve em confusões desse tipo: em 2006 ele foi flagrado batendo em três carros ao tentar estacionar seu veículo. Em  2007 ele teve a sua habilitação suspensa por dois anos por conduzir o carro sob efeito de drogas. Em 2010, outro acidente de carro que obrigou as autoridades a efetuar a prisão do cantor por 8 semanas.

Anúncios

George Michael sofre acidente de carro na Inglaterra

Padrão
Divulgação

Divulgação

Assinatura

O cantor britânico George Michael sofreu um acidente de carro próximo a Hertfordshire, região leste da Inglaterra, reporta o The New Musical Express. O cantor teve que ser levado ao hospital por helicóptero próximo a rodovia M1, depois de sofrer ferimentos na cabeça.

O porta-voz do cantor, Connie Filippello disse que ele estava como um passageiro em uma Range Rover e que nenhum outro veículo estava envolvido no acidente.

O músico de 49 anos sofreu apenas “cortes superficiais” na cabeça, e Filippello não informou quem estava conduzindo o carro: “Não temos nenhum comentário adicional neste momento”, finalizou.

No entanto, um porta-voz das autoridades locais disse que não há como determinar o que causou o acidente: “As circunstâncias exatas do que aconteceu não estão muito claras neste momento e até que novas investigações sejam realizadas, seria inapropriado para nós realizar qualquer outro comentário”, disse.