Jake Bugg

Padrão

O jovem cantor e compositor britânico Jake Bugg lançou no final de 2012 seu álbum-début homônimo que surge como uma grande surpresa no mercado para este ano e que já conquistou um Disco de Platina no Reino Unido.

Bugg compôs todas as 14 canções, sendo 7 em colaboração com Lain Archer, uma com Matt Prime e outra com Crispin Hunt. Nas quatro restantes, ele escreveu e compôs, o que deixa claro o intuito do artista em deixar sua marca, algo imprenscindível para quem quer mostrar sua personalidade musical.

Jake Bugg album

Certamente, a voz de Bugg vai impressionar na primeira audição e seu estilo e vai trazer à recordação, nomes como Johnny Cash, Oasis, Beatles ou até mesmo Bob Dylan. Este último ele prefere ponderar: “Bob Dylan é legal, você sabe, ele é ótimo, mas ele não é uma grande influência”, disse certa vez ao jornal The Telegraph. Mas quando você ouvir a primeira faixa Lightning Bolt você vai questionar: será?

A originalidade de Jake Bugg está estampada em cada faixa de seu primeiro disco. Canções como Someplace, a monofônica Fire e a belíssima Broken são cativantes e configuram o ponto alto do álbum.

Os arranjos foram cuidadosamente desenvolvidos e com certeza vai deixar Bugg longe de um rótulo de brit-pop Ele é diferente e certamente será acolhido por aqueles que se sensibilizam por uma grande voz e um violão bem tocado.

Uma carreira que nasce adulta, por um talentoso músico de apenas 19 anos.

Álbum: Jake Bugg
Lançamento: 15 de outubro de 2012
Selo: Mercury Records
Gravadora: Universal Music
Produtores: Iain Archer, Mike Crossey, Matt Prime, Crispin Hunt e
Jason Hart
Certificados: Disco de Platina pela BPI (Reino Unido)

Setlist:

Lightning Bolt
Two Fingers
Taste It
Seen It All
Simple As This
Country Song
Broken
Trouble Town
Ballad Of Mr Jones
Slide
Someone Told Me
Note To Self
Someplace
Fire

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=rp5cwZrHpgM”%5D

Sting prepara novo álbum após dez anos

Padrão
Malcolm McCurrach / The Telegraph

Malcolm McCurrach / The Telegraph

Marcelo de Assis

Depois de seu último álbum solo Sacred Love ter sido lançado apenas em 2003, o músico britânico Sting anunciou através de sua assessoria ao jornal The New York Times que um novo disco será lançado em setembro e já tem um título: The Last Ship.

O novo trabalho receberá as composições que Sting criou para um musical que contará com o trabalho do roteirista John Logan e do dramaturgo Brian Yorkey com estréia na Broadway prevista para 2015.

No último sábado, o álbum clássico e derradeiro do The Police, Synchronicity completou 30 anos de seu lançamento.