Summer Break Festival traz Dave Matthews Band e o Rappa em SP

Padrão
Divulgação

Divulgação

Que o ano de 2013 foi e está sendo agitado para todo mundo não é novidade.

Mas aí o verão chega, o sol brilha forte e, a partir de agora, há mais um convite à pausa e a diversão. A produtora Time For Fun anuncia o novo Summer Break Festival, um inédito festival com um line up que mescla nomes de peso da música e vem para entrar no calendário das pessoas e dos artistas nacionais e internacionais, já que não há lugar melhor no mundo para este tipo de evento do que o Brasil.

Os ingressos, que custam entre R$ 140 e R$ 650 podem ser adquiridos a partir da 0:01 do dia 26 de agosto,  através do site http://www.ticketsforfun.com.br ou pelo telefone 4003-5588.

Com uma proposta diferente dos outros festivais, o Summer Break Festival será realizado em dezembro, celebrando o início do verão com boa música. Em São Paulo no dia 07 de dezembro no Campo de Marte e no Rio de Janeiro em 08 de dezembro na Praça da Apoteose.

Headliner em ambas as noites, a Dave Matthews Band é famosa por suas grandes performances ao vivo e é a banda que mais vendeu ingressos no mundo na última década.

Vencedor de Grammy, o grupo vai apresentar ao público os sucessos da carreira e as canções do novo álbum Away From The World, eleito pela Rolling Stone como um dos 50 melhores de 2012.

O rock alternativo do Incubus terá espaço garantido no palco do Festival, enquanto os fãs do melhor do reggae poderão curtir o som do SOJA.

Além das apresentações no Summer Break Festival, Dave Matthews Band tem apresentação marcada em Porto Alegre (Pavilhão da FIERGS) no dia 11 de dezembro, com a participação especial do SOJA.

Rappa

Como representante da música nacional dentro do festival teremos O Rappa, uma das mais respeitadas e cultuadas bandas do cenário da música brasileira. A performance sempre intensa dos cariocas deve levantar o público com seus grandes sucessos.

O festival em São Paulo começa com a apresentação da banda Nem Liminha Ouviu e seu rock que mostra releituras criativas, resgatando canções dos anos 80 e 90. No Rio de Janeiro, a banda Ponto de Equilíbrio abre o festival com suas músicas que dialogam com diversas vertentes musicais entre Brasil, Jamaica e África.