Radiohead: Thom Yorke cansou do Spotify

Padrão

Parece que a paciência do líder dos Radiohead, Thom Yorke com o Spotify foi para o espaço.

O músico, que não concorda com as regras do referido site de streaming, resolveu retirar
o seu álbum solo e algumas obras de seu projeto Atoms For Peace no último domingo (14).

O produtor Nigel Godrich, que trabalhou com Yorke também seguiu na mesma direção e retirou seu material do Spotify. Mas por quê tudo isso agora? O motivo central: falta de pagamento do Spotify com os artistas que sugere uma forma de apoio aos novos artistas.

Na manhã desta segunda feira (15) tanto o produtor quanto o cantor dispararam acusações contra o Spotify. Thom Yorke chegou a dizer: “Não se enganem, novos artistas quando vocês decobrirem no Spotify que não haverá pagamento..”

O executivo da empresa, Daniel Ek rebateu: “Até agora eu não vi nenhuma canibalização. Então a pergunta deve ser: porque você não deve fazer streaming?”.

O Radiohead não é a primeira banda que enfrenta problemas com execução de suas músicas por streaming: o Pink Floyd também vem enfrentando sérias dificuldades com o serviço Pandora.

A indústria musical, que há muito passa por inovações tecnológicas, ganha, com isso, novas discussões em torno dos direitos autorais e intelectuais.