Bon Jovi é homenageado na inauguração do Hall da Fama de Toronto

Padrão
Igor Vidyashev / Air Canada Centre / Divulgação

Igor Vidyashev / Air Canada Centre / Divulgação

Marcelo de Assis

Os veteranos do Bon Jovi foram homenageados no Canadá na tarde do último sábado (2).

Eles foram incluídos no Hall da Fama de Toronto, durante a inauguração do local que recebeu o nome de Air Canada Centre´s Hall Of Fame.

Estavam presentes, o vocalista Jon Bon Jovi, o tecladista David Bryan e o baterista Tico Torres.

Eles ainda realizaram um show para 200 pessoas no local.

Também estavam presentes, os executivos Tim Leiweke (Maple Leafs Sports), Randy Lennox (Universal Music Canada) e Randy Phillips (AEG Live).

O empresário da banda, Paul Korzilius ressaltou que a banda esteve presente no Canadá em 28 concertos desde 1984.

Contudo, o Bon Jovi ainda não conseguiu emplacar no principal Hall da Fama: o do Rock And Roll. Krozilius foi questionado pela imprensa que estava no local sobre este fato, mas fugiu da questão:

“Eu não vou responder a essa pergunta, mas obrigado”, disse.

Guitarrista diz que Jon Bon Jovi "quer agitar os estádios sozinho"

Padrão
Divulgação

Divulgação

Marcelo de Assis

A situação entre Richie Sambora e Jon Bon Jovi parece não estar em sua melhor fase, definitivamente.

Em uma entrevista ao Daily Mail, o guitarrista do Bon Jovi afirmou que não está afastado por “problemas pessoais” e que o verdadeiro motivo de sua saída da banda é que o vocalista não quer sua presença: “Minha opinião é de que Jon quer ver se ele pode agitar os estádios sozinho. É ele que torna isso muito difícil para minha volta”, disse.

Sambora, que já teria enfrentado problemas com alcoolismo no passado, diz que está feliz e que não existe nenhum obstáculo em sua carreira neste momento: “Eu não tenho grandes problemas na minha vida agora. Eu amo meus fãs e me sinto mal por eles no momento”, encerrou.

O Bon Jovi se apresenta no Brasil nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro no mês de setembro.

Bon Jovi confirma apresentação única no Estádio do Morumbi em São Paulo

Padrão
Divulgação

Divulgação

Marcelo de Assis

Está confirmado: a banda Bon Jovi fará uma única apresentação em São Paulo no dia 21 de setembro com participação da banda Nickelback. Ainda não se sabe se o guitarrista Richie Sambora estará presente para este show. Ele se ausentou da banda alegando motivos pessoais.

Os ingressos, que custam entre R$ 90 e R$ 680 poderão ser adquiridos a partir de 00:01 do dia 21 de maio no site www.livepass.com.br.

O Bon Jovi apresentará a turnê Because We Can – The Tour em comemoração aos 30 anos de uma carreira brilhante e uma lista enorme de sucessos como Always, Never Say Goodbye e Livin´On A Prayer.

Também estarão no setlist do show, as novas canções do mais recente álbum What About You.

Bon Jovi: canção de 1986 conquista Certificação de Platina em 2013

Padrão
Divulgação

Divulgação

Marcelo de Assis, da redação

Depois de 26 anos do seu lançamento, a canção Livin’ on a Prayer da banda norte-americana Bon Jovi conquistou uma Certificação de Platina no último dia 13 de fevereiro nos EUA. A informação e da  RIAA (Recording Industry Association Of America) que é a reguladora do mercado fonográfico naquele país.

Lançada no terceiro álbum de estudio da banda, Slippery When Wet em 1986, Livin’ on a Prayer por pouco não foi gravada. O líder e vocalista Jon Bon Jovi não queria colocar ela no disco, mas o seu amigo e guitarrista Richie Sambora o fez mudar de idéia..

E deu certo: a canção chegou ao topo da parada Billboard entre 14 de fevereiro e 7 de março de 1987, além de liderar as paradas de sucesso no Reino Unido.

Além disso, a banda tocou uma versão acústica em homenagem ás vítimas dos atentados de 11 de setembro de 2001, durante o evento A Tribute To Heroes em Nova York, transmitido para o mundo inteiro.

Bon-Jovi-Livin-On-A-Prayer-505

Bon Jovi
Livin’ on a Prayer

Certificação de Platina em
13 de Fevereiro de 2013 pela RIAA (EUA)

Lançamento: 31 de outubro de 1986
Selo: Island Records
Gravadora: Universal Music Group

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=lDK9QqIzhwk”%5D

 

Morre George Marino, conceituado engenheiro de som que trabalhou com Bon Jovi, Stevie Wonder e AC/DC

Padrão

Um dos mais conceituados engenheiros de som das últimas três décadas morreu ontem (4). George Marino lutava contra um câncer do pulmão mas não resistiu.

As informações são do Hollywood Reporter. Marino fazia parte do estúdio Sterling Sound, situado em Nova York. Uma de suas últimas conquistas foi um Grammy em 2010 pelo seus trabalhos realizados no álbum “Suburbs” do Arcade Fire, além de outros realizados com Stevie Wonder e AC/DC.

Ele também trabalhou em outros álbuns de grande aceitação pelo público como “Appetite For Destruction” dos Gun´s N´Roses, “Slippery When Wet” do Bon Jovi e “Whitney” de Whitney Houston.

A equipe do Sterling Sound deixou uma mensagem em seu site oficial: “Sterling Sound e a indústria musical como um todo estão sofrendo uma perda tremenda. Palavras não podem expressar a dor que sentimos. George era considerado da família por todos nós, e iremos sentir muito a sua falta”, informou.