Michael Jackson: divida com impostos supera US$ 700 milhões

Padrão
Reprodução

Reprodução

Marcelo de Assis

A agência fiscal dos EUA, a IRS exige dos administradores dos bens de Michael Jackson (1958-2009) o valor de US$ 702 milhões em impostos atrasados e multas.

De acordo com o Los Angeles Times, o Tribunal Fiscal dos EUA recebeu a declaração do patrimônio líquido total no dia da morte do Rei do Pop em US$ 9 milhões. A receita federal norte-americana afirma que o valor real é astronômicamente superior ao declarado: US$ 1.12 bilhão.

Até as canções dos Beatles que Jackson foi proprietário como Yesterday, Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band e Get Back estariam relacionadas na dívida que, para a receita federal local, e estipulada em mais de US$ 434 milhões.

Contudo, os representantes dos direitos do falecido astro faturaram US$ 160 milhões em 2013 com os direitos editoriais do catálogo da Sony ATV Music Publishing e das turnês do Cirque Du Soleil com a apresentação de Immortal.