DUELO MUSICAL ENTRE GUSTAVO DA LUA E NEGUEDMUNDO MARCA NOITE EM SÃO PAULO

Padrão

A Nossacasa Confraria das Ideias terá, pela primeira vez em seu palco, Gustavo da Lua e Neguedmundo  que se encontraram para um duelo, acompanhados de seus Djs em formato duo, dois shows envolventes com muito reggae, rap, ragga, dub, cumbia e tambor.

As apresentações iniciam a partir das 22hs.

Percussionista da Nação Zumbi há mais de 10 anos, Gustavo da Lua recentemente se revelou cantor e compositor no seu primeiro disco solo, o radiantesuingabrutoamor. Em Braço de Ouro, Da Lua explora suas novas composições, acompanhado de um DJ.

Entre samplers, voz e percussão o show mistura ritmos como o reggae, ragga, dub, embolada, forró e ritmos africanos.

Neguedmundo apresenta uma proposta de música negra e sons globais. Mesclando diversas vertentes sonoras jamaicanas e africanas, com a música do nordeste brasileiro – o coco, a ciranda, o forró e samba cabula, O artista também  representa a poesia das matas amplificada em alto-falantes.

Nossacasa Confraria das Ideias apresenta Gustavo da Lua e Neguedmundo
Rua: Belmiro Braga, 202, 05408-000 São Paulo

Hora: 22hs
Quanto: $15 (ate 0h) / Após $20

Anúncios

PERCUSSIONISTAS DE OTTO E NAÇÃO ZUMBI SE APRESENTAM EM SÃO PAULO

Padrão

A Virada Pernambucana apresenta dois dias de shows com musicos da Nação Zumbi e Otto: nesta quarta (28) com Coco de Mazuca (formado pelos percussionistas de Otto e Nação Zumbi) e a discotecagem da cantora Karla da Silva e do João Laion da Batbacumba.

Na quinta (30), o músico Gustavo da Lua, percussionista da Nação Zumbi apresentará seu disco autoral, o Radiantesuingabrutoamor com os DJ´s Thiago Duar e a jornalista da TPM, Camila Eiroa.

Formado pelos percussionistas da banda Otto e Nação Zumbi, Toca Ogan, Gustavo da Lua, Marco Axé, André Malê e Hugo Carranca, apresentam um show emocionante de percussão e cantos inspirados na mazuca, ritmo forte de louvação aos Exus e Pomba-Giras no Camdomblé.

Totalmente inspirado nos trabalhos realizados pela ex-mãe-de-santo Maruca e pelos pais-de-santo Seu Marinho e Seu Humberto, este falecido em 2004, o Coco de Mazuca segue a cartilha do Ogan João da Ciência – mestre que ensinou Toca Ogan a usar o ilú, instrumento usado pelo Ogan. O grupo já se apresenta nos terreiros de Pernambuco a mais de dez anos e tem um disco lançado.

Munidos de ilús, ganzás, congas e pandeiros o show é de arrepiar e não deixa ninguém parado. Em algumas ocasiões, convidam músicos conterrâneos para se juntar a eles, tornando assim cada apresentação única. Músicas como Traje Meu, Menina da Pracinha e Mandei fazem parte do repertório.

Espaço Cultural Puxadinho da Praça

Rua Belmiro Braga, 216, Vila Madalena

Quarta, 28/05
Abertura da casa: 21h Show 22h
Lista amiga até 0h: R$ 15 (confirmando presença no facebook)
Na porta até 0h: R$ 20
Depois de 0h: R$ 25
Forma de pagamento: Dinheiro ou Débito
Acesso para deficientes físico no piso térreo
Obs: A lista encerra as 20h no dia do evento

Quinta, 29/05
Porta: 22h Show 23h
Lista amiga até 0h: R$ 15 (confirmando presença no facebook)
Na porta até 0h: R$ 20
Depois de 0h: R$ 25
Forma de pagamento: Dinheiro ou cartão
Acesso para deficientes físico no piso térreo

 

RAPHA COELHO PREPARA LANÇAMENTO DE EP E APRESENTA "ÚLTIMA VEZ". OUÇA

Padrão

O cantor Rapha Coelho lançou neste mês o single Ultima Vez, onde mergulha no romantismo e já visualiza o lançamento de seu primeiro EP com quatro canções.

Nascido em Salvador a 20 anos, Raphael Alves Coelho quer alcançar vôos maiores e com um lyric vídeo da canção no Youtube, alcançou rápidamente a marca de 10 mil views em uma semana.

Com forte personalidade em sua voz, cercado de instrumentos de corda e recursos eletrônicos, Rapha Coelho mira o pop em definitivo. Confira:

[embedvideo id=”QLgQoDEL2Lg” website=”youtube”]

MERCANTES REVISITAM SINATRA EM "MY WAY". ASSISTA

Padrão

A banda mineira Mercantes lançou o video My Way, um sincero tributo a um dos maiores nomes da música em todosos tempos, Frank Sinatra (1915-1998).

Gravado em Nova Lima (MG), o clipe foi dirigido pelo vocalista Madson Guimarães que não se intimidou em sugerir novos arranjos para a canção: “Tive a iniciativa de criar novos arranjos pra ela e como alguns falaram comigo que “tive a ousadia”, não enxergo desta forma eu só quis gravar uma canção que significa muito pra mim do meu jeito”, disse

A banda está em atividade desde 2011 e é formada por Madson Guimarães (voz, violão e guitarra), Piló Rangel (baixo), Diego Fialho (guitarra, violão) e Rafael Novaes (Bateria).

Com todos os integrantes em estilo “crooner”, o Mercantes utilizou recursos eletrônicos aliados a sua guitarra com alterações ritmicas ao longo da canção. Confira:

[embedvideo id=”tUm8PF5z6sM” website=”youtube”]

INVASÃO CARIRI APRESENTA GERALDO JUNIOR E OS ADAPTADORES UNIVERSAIS EM SÃO PAULO

Padrão

Nessa quinta-feira (15) o artista cearense Geraldo Junior se apresenta junto à banda Adaptadores Universais (Lello Bezerra, Demétrius Carvalho e Marcos Maia) na festa Invasão Cariri, no Confraria NossaCasa de Ideias em São Paulo a partir das 23hs.

A noite conta também com discotecagem dos DJS Boca (CE), Marina Caires e Ruiva Pisacane com o melhor da musica regional nordestina e brasileira.

Nascido em Juazeiro do Norte, o cantor, compositor e performer, Geraldo Junior apresenta sua poesia em ritmos, danças e cores do nordeste brasileiro, trazendo a essência da Cultura do Cariri (Ceará), seu trabalho desenvolve-se nesse lugar encantado, como um aglutinador das artes populares, aliadas a diversas outras vivências, (influências e referências), que vão das tradicionais até as mais modernas.

Sua obra revela-se na sua interpretação; músico e brincante que canta e encanta, Sua arte é livre e sem fronteiras, parte do sertão, e corre o mundo levando poesia, cantoria e diversão por onde passa, com seu espetáculo de música, dança e performance.

Conheça mais sobre o trabalho de Geraldo Júnior clicando aqui

11° EDIÇÃO DO BATBACUMBA TRAZ GESTOS SONOROS EM SÃO PAULO

Padrão

Neste sábado (10) 11ª edição da festa Batbacumba leva para o palco do Mundo Pensante a banda Gestos Sonoros, referência nacional em Soundpainting e que produz música orgânica com percussões típicas da cultura latino-americana e um quarteto composto por guitarrabaixo e dois sopros tocando temas e improvisações que mesclam afrobeat com ritmos populares brasileiros. 

Idealizado e regido por Bruno Duarte, o grupo foi inspirado no trabalho do músico argentino Santiago Vasquez (criador do grupo La Bomba de Tiempo). A improvisação conduzida por Bruno gera interações de muita energia entre os músicos, criando uma atmosfera propícia à criação coletiva com a plateia, inclusive.  

bat

A festa ocorre mensalmente na casa e é organizada pelo coletivo Batbacumba Auê, que aproxima os artistas, produz e proporciona uma experiência única a cada edição, explorando a arte e a musicalidade da cultura afro-brasileira.

Na pista o DJ João Laion (residente da festa) toca seu famoso set de batbacumbarias, que combina ritmos como côco, rabeca, xaxado, xote, forró, baião, maracatu, carimbó e lambada e completa o time o DJ Rics Madruga (da festa Kandonghê) que toca o melhor dos ritmos africanos como kuduro, bounce, hard kizomba, kazukuta, bassemba, zouk bass, tuki, tarraxinha, ghetto tech, funaná, sungura, ragga, rebita e kabetula.

A arte fica por conta de Donizeti de Paula, referencia na noite paulistana por suas pinturas corporais e sua pesquisa de simbologias e tribos. Ele irá pintar os rostos dos convidados com pinturas tribal, indígena e simbolos especialmente pesquisadas para compor a temática da festa.

Durante a noite também haverá projeção do vídeo Batbacumbarias, projetado pelo próprio coletivo. E os quitutes vegan preparados pelas chefs Fer Martinelli e Karol Flores, serão servidas esfirras e cup cakes de vários sabores.

MEMÓRIAS DE UM CARAMUJO LEVA MISTURA DE GÊNEROS EM SÃO PAULO

Padrão

Uma canção pode ser lírica, lúdica, original, saborosa e singela, assim a banda paulistana Memórias de um Caramujo se diverte ao falar do novo disco, Cheio de Gente. No próximo dia 9 de maio, às 21h, o grupo sobe ao palco do Auditório Ibirapuera para lançar o seu segundo trabalho.

No novo disco, a música é o ponto de partida para uma viagem que passeia pela vanguarda paulista, bebe da música andina e atraca no rock progressivo, através de letras intimistas e bem elaboradas. As influências musicais – supracitadas nas boas críticas do primeiro CD, Memórias de um Caramujo- Ao Vivo– agora ganham nova roupagem, um refinado processo de gravação e arranjos bem mais ousados.

No palco, André Vac (guitarra, violão, charango e voz), Beatriz Mentone (voz), Gabriel Basile ( bateria e percussão), Gabriel Milliet (violão, sax, flauta e voz ), Thomas Huszar (baixo e voz) e o músico convidado Montorfano ( pianos e teclados) tocam as faixas inéditas do novo trabalho e alguns hits do disco ao vivo.

O show terá participações especiais de Siba, Carlinhos Antunes João Milliet e Gabriel Levy .

Memórias De Um Caramujo

Lançamento do CD Cheio de Gente
Part. especiais: Siba, Carlinhos Antunes, Gabriel Levy e João Milliet
Dia 09 de maio (sexta-feira), às 21h
Duração: 90 minutos (aproximadamente)
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada)
Classificação indicativa: Livre

Auditório Ibirapuera
Capacidade: 800 lugares
Av. Pedro Alvares Cabral, s/n – Portão 2 do Parque do Ibirapuera
(Entrada para carros pelo Portão 3)
Fone: 11.3629-1075
info@auditorioibirapuera.com.br e http://www.auditorioibirapuera.com.br/
Ar-condicionado. Acesso a deficientes. Proibido fumar no local.
Estacionamentos / Transporte:
Estacionamento do Parque Ibirapuera, sistema Zona Azul – R$3,00 por duas
horas. Dias úteis das 10h às 20h, sábados, domingos e feriados das 8h às 18h

O Auditório Ibirapuera não possui estacionamento ou sistema de valet. O estacionamento do Parque Ibirapuera é Zona Azul e tem vagas limitadas. Sugerimos que venha de táxi ou transporte público

Bilheteria:
Quinta-feira: das 11h às 20h
Sexta-feira e sábado: das 11h às 22h
Domingo: das 11h às 20h

[embedvideo id=”pIxIQGObwKo” website=”youtube”]