Bruce Springsteen realiza show histórico em São Paulo

Padrão
Thiago Duran / AgNews

Thiago Duran / AgNews

Marcelo-de-Assis

Foi uma noite espetacular!

Pela primeira vez, o músico norte-americano Bruce Springsteen realizou um show inteiro no Brasil. Ele já teria passado por aqui há 25 anos, em 12 de outubro de 1988, quando participou de um concerto realizado pela Anistia Internacional também em São Paulo, no antigo Estádio do Palmeiras.

As 8 mil pessoas presentes no Espaço das Américas se misturavam entre cinquentões, quarentões e acredite: em sua maioria, eram jovens ainda na casa dos vinte e poucos anos.

Na abertura, Bruce Springsteen surpreende: iniciou o espetáculo ao lado de sua eterna E Street Band cantando Sociedade Alternativa do saudoso Raul Seixas: aquele que é considerado o melhor show do mundo, não poderia ter iniciado sua apresentação de uma forma melhor! Veja:

A partir daí um verdadeiro show de rock´n´roll começaria, entre grandes clássicos e um Springsteen, sorridente e carismático, completamente a vontade, surfando sobre a platéia entre fãs enlouquecidos querendo uma foto um abraço do ídolo. Até mesmo, um pedido de casamento foi realizado em pleno palco pelo The Boss, em meio á dezenas de cartazes os quais o cantor por diversas vezes, mostrou ao público.

Apesar do excelente trabalho da produção local, esqueça os telões digitais e os efeitos especiais. Bruce Springsteen deixou claro que o seu apelo é puramente musical.

O cantor de 63 anos não demonstrou nenhum sinal de cansaço durante as incríveis 3h18 minutos de show, em um completo estado de devoção ao seu ofício, dentro das 29 canções apresentadas na noite.

Na parte final do espetáculo, o público foi ao delírio com os clássicos: Born in the U.S.A.,Born to RunDancing in The Dark, para em seguida agradecer a todos presentes, prometendo um retorno em breve.

“Vocês são o melhor público do mundo”, disse Springsteen, coroando uma noite histórica de sua carreira.

Agradecimentos á Midiorama e a Denise Catto.

Repertório:

Sociedade Alternativa
We Take Care Of Our Own  
Badlands
Death To My Hometown 
Spirit in the Night
Darkness on the Edge Of Town
Prove It All Night
No Surrender
Bobby Jean
Hungry Heart
The River
American Skin (41 Shots)
Because The Night
She´s The One
Darlington County
Working on The Hightway
Shackled and Drawn  
Waitin´on a Sunny Day
The rising
Thunder Road
Land of Hope and Dreams –

Encore

We Are Alive 
Born in the U.S.A.
Born to Run
Dancing in The Dark
Tenth Avenue Freeze-Out
shout
This Little Light of Mine

Final

This Hard Land

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s