"O mercado da música não é contra a internet", diz chefe executiva da IFPI

Padrão

De acordo com a Billboard, a chefe executiva da IFPI (Federação Internacional da Indústria Fonográfica) Frances Moore discursou em uma conferência da Music Matters da Ásia nesta semana e alertou os presentes de que o mercado musical não é contra a internet e que os negócios a nível mundial estão crescendo a cada ano: “Primeiro, nõs somos uma empresa que está na internet. A escolha do consumidor na música passa por uma transformação e está crescendo”, disse.

Moore explicou também que o aumento na compra de música digital, que antes era algo receoso, passou a ser real, ja que os últimos relatórios da IFPI garantem que o crescimento dos negócios resultaram em 0,02% ao ano: “É claro que é um crescimento ano-após-ano, mas poderá levar mais alguns anos para nos sustentarmos e  alcançarmos uma base global. Mas, mesmo assim, há um zumbido palpável em toda a nossa indústria, o que não acontencia nos últimos anos”, disse.

Frances Moore também exaltou o sucesso de artistas de países emergentes que estão ganhando cada vez mais espaço no mercado internacional e citou o rapper Psy e o cantor sertanejo Michel Teló: “Cada vez mais, vemos repertório de mercados emergentes, que não falam Inglês e chegando através de nossas fronteiras. Psy com Gangnam Style era o nº 3 em vendas digitais de uma única tabela do IFPI em 2012. Do Brasil Michel Teló era o nº 6. É emocionante ver os artistas não-anglo-americanos conectados à uma audiência global em rápida expansão”, concluiiu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s