John Lennon: audiência pode definir liberdade condicional ao assassino do cantor

Padrão

Condenado pelo assassinato do ex-Beatle John Lennon (1940-1980), Mark David Chapman tentará pela sétima vez o direito de liberdade condicional nos EUA.

John Lennon e Yoko Ono nos anos 70 / Foto: Getty Images

As informações são do semanário inglês The New Musical Express. Chapman que está com 57 anos foi condenado por matar Lennon com quatro tiros em frente ao Dakota Center onde o cantor residia, na cidade de Nova York no dia 8 de dezembro de 1980.

Ele foi condenado a prisão perpétua e direcionado ao Attica Correctional Facility, penitenciária local. Uma audiência será marcada nesta semana para que uma decisão, favorável ou não a Chapman, seja definida.

A última vez que Mark Chapman entrou com pedido de liberdade foi há dois anos, mas o conselho de segurança de Nova York entendeu que uma chance de liberdade a Chapman poderia ser “inadequada” e que seu “desprezo pela vida humana” foi determinante para a recusa de seu pedido.

A viúva de Lennon, Yoko Ono luta para que Chapman não seja solto, enviando um pedido as autoridades locais a cada dois anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s