Dianne Reeves anuncia série de apresentações no Brasil em setembro no Jazz All Nights

Padrão

Dianne Reeves, uma das principais cantoras no cenário da música jazz internacional. Os shows contecem no Teatro Oi Casa Grande (no Rio de Janeiro, dias 24 e 25) e no Teatro Bradesco (em São Paulo, no dia 26), e terão a participação do violonista brasileiro Romero Lubambo.

Foto: Divulgação

Em sua sexta edição, a temporada 2012 da Série Jazz All Nights começou em abril com o encontro no palco do bandolinista brasileiro Hamilton de Holanda com o pianista italiano Stefano Bollani. Além deles, a programação deste ano ainda terá o retorno do sempre magistral Keith Jarrett, em outubro (dia 24 no Rio e dia 29 em SP).

Sobre Dianne Reeves

Dianne Reeves nasceu na cidade norte-americana de Detroit e a música já era uma tradição em sua família: seu pai, que morreu quando ela tinha somente dois anos, era cantor; a mãe tocava trompete; um primo era produtor, pianista e tecladista; um tio tocava na Denver Symphony Orchestra. Ainda criança começou a estudar piano e a cantar em qualquer oportunidade. Aos 11 já havia decidido: queria ser cantora.

Foi descoberta pelo trompetista Clark Terry em 1976, que a viu cantar em uma banda da Universidade do Colorado, onde estudava. Despontou nos anos 80 e em pouco tempo conquistou uma grande reputação como cantora de jazz nos Estados Unidos. Fez turnês com Sergio Mendes (1981) e Harry Belafonte (1984) e inicou sua carreira solo em 1982.

[tube] http://www.youtube.com/watch?v=9U-rJhDTmy0 [/tube]

Reeves gravou e se apresentou com Wynton Marsalis e a Lincoln Center Jazz Orchestra. Também gravou com a Orquestra Sinfônica de Chicago dirigida por Daniel Barenboim e foi solista com Sir Simon Rattle e a Filarmônica de Berlim. Foi a primeira cantora a se apresentar no famoso Walt Disney Concert Hall. Sua apresentação na cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Salt Lake City, 2002, foi vista por milhões de pessoas em todo o mundo.

Como resultado de sua virtuosidade, destreza de improvisação e estilo único de Jazz e R&B, Reeves foi premiada com o Grammy de Melhor Performance Vocal de Jazz por três gravações consecutivas, em 2001, 2002 e 2003 – sendo a primeira cantora a ganhar um prêmio em categoria vocal. Recebeu também o Prêmio Ella Fitzgerald no Festival Internacional de Jazz de Montreal e foi nomeada Creative Chair for Jazz da Filarmônica de Los Angeles.

Reeves também pode ser vista no cinema: ela apareceu no filme de George Clooney Good Night and Good Luck (Boa Noite e Boa Sorte)”, que recebeu indicações para o Oscar. A trilha sonora de Good Night and Good Luck concedeu a Reeves o seu quarto Grammy de Melhor Vocal de Jazz em 2006. Em 2007, participou ainda de um documentário sobre a breve vida de Billy Strayhorn.

Dianne Reeves no Rio de Janeiro

Dias: 24 e 25 de setembro (segunda e terça-feira)
Hora: 21h
Local: OI CASAGRANDE
Endereço Teatro: Rua Afrânio de Mello Franco 290, Leblon
Bilheteria: (21) 2511-0800 – 3af e 4af – 15h às 20h / 5af e 6af – 15h às 21h30 sáb -15h às 22h / dom – 15h às 19h30
Site: http://oicasagrande.oi.com.br

Dianne Reeves em São Paulo

Dia: 26 de setembro (quarta-feira)
Hora: 21h
Local:T eatro Bradesco
Endereço Teatro: Piso Perdizes do Bourbon Shopping São Paulo –
Rua Turiassu, 2100, 3º piso – Pompéia
Horário de atendimento bilheteria: de Domingo a Quinta das 12h às 20h, Sexta e Sábado das 12h às 22h
Tel: 4003-1212 (Ingresso Rápido)
Site: http://www.ingressorapido.com.br

Com informações da Midiorama


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s