Tony Bennett relembra Amy Winehouse: "Ela era a cantora mais talentosa"

Padrão

Um dos maiores nomes do standard e do jazz, Tony Bennett revelou hoje que pretende dar sequência ao seu último álbum “Duets II” gravado em 2011.

Foto: Mark Allan / AP

As informações são do semanário inglês The New Musical Express. Neste álbum, Bennett fez parcerias com artistas consagrados como Michael Bublé, Aretha Franklin e a saudosa Amy Winehouse (1983-2011). Esta última foi uma das que mais impressionou o cantor de 85 anos: “Amy Winehouse era uma grande cantora”.

Bennett também comentou sobre a sua admiração e se ressente por não ter tido um diálogo com ela: “Ela era a cantora mais talentosa. Ela realmente sabia cantar. Foi espontânea e criativa. Eu não consegui acreditar quando, um mês depois de gravarmos juntos, meu filho me disse que ela tinha morrido… Eu queria dizer a ela para ir com calma por que ela era excelente, mas eu nunca tive a oportunidade”, finalizou.

Amy Winehouse foi encontrada morta em sua residência no dia 23 de julho de 2011 em Camdem, na Inglaterra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s